Voltamos.

 

Qual um bom tema pra voltar a escrever nesse blog? essa foi a minha pergunta matinal, e desde cedo me corrói feito bicho na  madeira. É preciso ter uma grande tema para se poder escrever? é necessário grandes acontecimentos? se isso for, tive vários.  Uma das melhores cantoras dos últimos tempos e da última semana também resolveu morrer, meu avô resolveu morrer.  E acho que ando escrevendo diferente.  A uns tempos atrás eu jamais poria tantas interrogações em um começo de um texto.  Mas a gente nunca é o mesmo com o contar dos ponteiros do relógio. Ou quase nunca. Piorei a escrita , portanto. Mas escrever é meio como a gente, antes piora para depois melhorar.

Eu e essa minha sina escrevitória. Uma vez com ela, ela se impregna e não sai. Tento me livrar mas nada consigo. Resolvi assumir a minha missão, ou mais uma missão: escrever.  Não faço outra coisa mesmo melhor que isso. Embora quase nunca goste do que escrevo. Escrever para mim sempre foi um encosto. Mas não no sentido daquilo que pesa. Nunca me pesa, mas não consigo me livrar. Nasceu comigo e morrerá assim também. Vem-me de comichão. Fiquei pensando se não é uma forma de eu chamar atenção do mundo. Atualmente chamar atenção  é uma coisa dificílima,  o que mais existe é isso.

Quero voltar a povoar esse blog com coisas como sempre fiz, boas ou ruins, são as minhas coisas.  Fazendo isso me sinto mais cheio, quase pleno. Essa minha sina escrevitória vai vir mais leve, sem pretensões, menos ainda do que já tive. Que venha então.

E ele continuará assim , seco, somente com a alma das palavras, sem figurinhas, coisa melhor não há. Que venha.

 



Escrito por O dono do blog. às 00h40
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
UOL - O melhor conteúdo
BOL - E-mail grátis